FRESAN celebra Dia Mundial da Alimentação com debates e entrega de materiais

O Centro de Artes | Centro de Ciência e Tecnologia do Lubango lotou na manhã de 15 de Outubro para acolher o Fórum Regional do Dia Mundial da Alimentação 2022, sob o lema “Melhor produção, melhor nutrição, melhor meio ambiente e uma vida melhor em Angola”, promovido pelo FRESAN. Os novos materiais de educação alimentar e nutricional produzidos pelo FRESAN/Camões, I.P., em articulação com o Ministério da Saúde de Angola (MINSA) e com o apoio técnico da Universidade do Porto, foram apresentados e distribuídos simbolicamente aos Gabinetes Provinciais de Saúde do Cunene, da Huíla e do Namibe e aos parceiros de nutrição.

Maria Futi Tati, coordenadora do Programa Nacional de Saúde Comunitária, da Direcção Nacional de Saúde Pública do MINSA, destacou, à margem do encontro, que “os materiais [painel de “Alimentação Saudável: os 4 Grupos de Alimentos” e boletins informativos de alimentos “Receitas à Mwangolé”] que foram produzidos impactam-nos muito”.

A vice-governadora do Governo Provincial da Huíla, Maria João Chipalavela, considera decisivo “olhar para os aspectos proteicos e vitamínicos” dos alimentos, sem esquecer, porém, “a dimensão que têm na vida das comunidades”. Neste sentido, os materiais integrados no lema “Cuida Angola” do MINSA tiveram em consideração os hábitos e costumes das comunidades do Sul de Angola, e contam com o guião de “Alimentação Saudável: os 4 Grupos de Alimentos” para apoiar o trabalho a desenvolver junto das comunidades. 

O evento abordou temas como as hortas escolares pedagógicas, produção sustentável e nutrição adequada, de forma a contribuir para a reflexão em torno da segurança alimentar e do aumento do acesso das populações à alimentação saudável no Sul de Angola, onde o impacto das alterações climáticas mais se tem feito sentir no país.

O Fórum Regional do Dia Mundial da Alimentação 2022 foi uma iniciativa promovida pelo FRESAN/Camões, I.P., com o apoio do Governo Provincial da Huíla e em estreita articulação com o MINSA, em particular com o Departamento dos Cuidados Primários de Saúde da Direcção Nacional de Saúde Pública (DNSP). Participaram representantes do MINSA/DNSP, através do Departamento de Cuidados Primários de Saúde; do Departamento Nacional de Segurança Alimentar do Ministério de Agricultura e Florestas (MINAGRIF); dos Governos Provinciais do Cunene, da Huíla e do Namibe e das Direcções Municipais de Saúde; do Fundo de Apoio Social (FAS); da Associação Angolana de Nutricionistas; dos parceiros de implementação FRESAN; das organizações não governamentais (ONG) subvencionadas pelo FRESAN/Camões, I.P.; de outras ONG parceiras e de instituições do ensino superior.

O Dia Mundial da Alimentação é celebrado desde 1981 a 16 de Outubro. Actualmente mais de 150 países do mundo organizam diversos eventos para assinalar a data. O Programa FRESAN quis assim contribuir para a celebração desta efeméride no Sul de Angola com uma reflexão conjunta entre parceiros que, do Governo central às comunidades, trabalham em prol da segurança alimentar e nutricional, da valorização dos produtos locais e da protecção do meio ambiente.

O FRESAN é uma iniciativa do Governo de Angola, financiada pela União Europeia e co-gerida pelo Camões, I.P. Pretende contribuir para a redução da fome, da pobreza e da vulnerabilidade à insegurança alimentar e nutricional no Cunene, na Huíla e no Namibe, sobretudo através do reforço da resiliência e da produção agrícola familiar sustentável, da melhoria da situação nutricional das famílias e do apoio ao desenvolvimento de capacidades nas instituições.

Data: 27 de Outubro de 2022