Inquérito AVSAN 2022 rumo a medidas<br>contra a insegurança alimentar no Sul de Angola

As províncias do Cunene, da Huíla e do Namibe acolheram o Inquérito Pós-Colheita de Avaliação de Segurança Alimentar e Nutricional (AVSAN) 2022, entre 1 e 12 de Agosto. A iniciativa, liderada pelo Ministério da Agricultura e Pescas – Grupo Técnico Multissectorial de AVSAN, conta com o apoio do Programa FRESAN (co-gerido pelo Camões, I.P.).


Fernando André, chefe do departamento de segurança alimentar na Direcção Nacional de Agricultura e Pecuária do Ministério da Agricultura e Pescas, afirma que “este inquérito vai caracterizar a situação de insegurança alimentar das nossas populações”, confrontando os dados que seguem agora para análise com os do inquérito realizado em 2021. O estado alimentar e nutricional das crianças ou a avaliação do ambiente envolvente das comunidades rurais são alguns dos indicadores que constam no inquérito.


A participação das comunidades foi imprescindível para se poder traçar um retrato fiel das necessidades dos municípios, com maior incidência de dados de insegurança alimentar, perante a crise provocada pela seca que tem assolado o Sul de Angola. O exercício envolveu 12 municípios das três províncias, com a participação de 12 aldeias por município e 14 agregados familiares em cada aldeia. A informação recolhida permitirá identificar problemas e será contemplada na elaboração dos próximos planos municipais.


Adalberto Chiquete, coordenador-adjunto para a província da Huíla na intervenção do Programa FRESAN co-gerida pelo Camões, I.P., afirma que os resultados do inquérito deste ano vão permitir perceber, por um lado, qual foi “a evolução dos índices de insegurança alimentar e nutricional das comunidades em função das acções do Governo e das organizações da sociedade civil que actuam nessas comunidades” durante a campanha agrícola 2021/2022; por outro lado, o inquérito AVSAN 2022 “vai mostrar se as acções da última campanha agrícola influenciaram na melhoria das condições alimentares dessas comunidades, e em que medida o facto de ter havido mais chuva que nos anos anteriores influenciou na recuperação das reservas alimentares das famílias”.


O Inquérito AVSAN 2022 foi precedido pela formação de Inquiridores em Nutrição e de Inquiridores em Segurança Alimentar, realizada entre 25 e 29 de Julho na cidade do Lubango, na Huíla, com a colaboração dos parceiros FRESAN/Camões I.P.: PAM – Programa Alimentar Mundial, UNICEF – Fundo das Nações Unidas para a Infância, e WVI – World Vision International.

Data: 12 de Setembro de 2022