IPMA reforça recolha e análise de dados agro-climáticos no Sul de Angola

O FRESAN – Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola recebeu uma missão do IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera entre 28 de Março e 12 de Abril. A iniciativa teve por objectivo apoiar o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica de Angola (INAMET) no desenvolvimento e implementação do subsistema que vai contribuir para o Sistema de Informação e Alerta Rápido para a Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN) no país.

A missão arrancou com formação em Análise de Indicadores Agro-climáticos para 23 técnicos do INAMET, do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), do Departamento Nacional de Segurança Alimentar, bem como dos Gabinetes Provinciais de Agricultura, Pecuária e Pescas. Esta acção visou reforçar a capacidade das instituições provinciais e nacionais para gerirem mecanismos de monitorização, previsão e análise agro-climática que permitam a tomada de decisão e reacção nas áreas da segurança alimentar e nutricional, a adaptação às alterações climáticas e a gestão de risco de eventos climáticos extremos.

Durante a missão os técnicos do IPMA acompanharam a instalação de um servidor/infra-estrutura no INAMET que vai permitir o alojamento do CORDEX-África, uma parceria global para a coordenação de informação climática recolhida a nível local, permitindo a monitorização, a vigilância, a previsão e a projecção de cenários futuros sobre as mudanças climáticas. O INAMET recebeu ainda o apoio técnico do IPMA para a instalação de seis estações meteorológicas nas províncias do Cunene, da Huíla e do Namibe, instrumentos de medição e registo das variáveis meteorológicas/climáticas, cujos dados são utilizados para a previsão do tempo e para caracterização do clima.

A existência de mecanismos que permitam combinar informação sobre a meteorologia; produção agrícola, pecuária e pesqueira; preços dos mercados; estado nutricional e sanitário; e disponibilidade de água é essencial para a implementação de acções de combate à insegurança alimentar. A realização da missão do IPMA representa assim mais um passo para a construção de um SISAN – Sistema de Informação e Alerta Rápido para a Segurança Alimentar e Nutricional.

Data: 26 de Abril de 2022